Na categoria masculina, foram disputadas cinco partidas no Clube de Regatas do Flamengo

Foram realizados, nesta quarta-feira (17), os primeiros confrontos valendo o título do Campeonato Brasileiro Interclubes Sub-16, no Rio de Janeiro (RJ). Na disputa da categoria feminina, a equipe do Flamengo precisou nadar muito para superar o Sesi-SP.

Em um confronto Rio-SP, a equipe rubro-negra comandada pelo técnico Antonio Canetti e a auxiliar técnica Illana Pinheiro venceu o Sesi-SP, por 5 a 4. As meninas do Fla venceram nos últimos minutos com um gol marcado pela goleira improvisada no ataque.

“Foi uma partida muito disputada contra as meninas do Sesi-SP. No último minuto, eu tive a oportunidade de pedir um tempo e coloquei a nossa goleira para ficarmos com uma atleta a mais no ataque. Nossa goleira foi feliz no chute e vencemos!”, comentou o técnico Antonio Canetti.

Jogando como anfitriã do CBI Sub-16, a auxiliar Ilana Pinheiro acredita que o elenco rubro-negro pode chegar na final da modalidade feminina.

“Acreditamos no talento e na capacidade das meninas para chegar em uma possível final. Elas precisam diminuir o nervosismo da estreia e evoluir durante a competição”, pontuou Ilana Pinheiro .

No confronto Bauruense, a ABDA conseguiu impor o seu ataque e superou a Hípica, por 12 a 1.

Campeonato Brasileiro Interclubes Sub-16 masculino

A partida entre ABDA e Paulistano, que abriu o CBI Sub-16 masculino, foi acirrada. O elenco da capital paulista abriu vantagem no placar, mas o time do interior de São Paulo conseguiu virar o marcador e vencer por 12 a 7.

O restante da rodada foi marcada por duas partidas com placares apertados e uma goleada. A equipe do Paineiras venceu o Pinheiros por 11 a 8, a Hípica superou o Jundiaiense pelo placar de 8 a 4, enquanto o Flamengo venceu duas partidas contra o Sesi-RP, por 5 a 2, e contra a Hebraica, por 13 a 5.

Confira os resultados do CBI Sub-16

ABDA 12 a 7 Paulistano (masculino)
Paineiras 11 a 8 Pinheiros (masculino)
Hípica 8 a 4 Jundiaiense (masculino)
Flamengo 5 a 2 Sesi-RP (masculino)
Flamengo 13 a 5 Hebraíca (masculino)
Flamengo 5 a 4 Sesi-SP (feminino)
ABDA 12 a 1 Hípica (feminino)

Sobre a PAB

A Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) foi criada com o objetivo de difundir a modalidade no Brasil. Para isso ela busca o protagonismo de clubes, atletas e técnicos com foco no fomento do esporte no médio e longo prazo, evidenciando a visão coletiva que representa os interesses do polo aquático.

A Liga Brasileira de Polo Aquático foi fundada com a participação de dez clubes em março de 2016: Club Athletico Paulistano (SP), Clube Jundiaiense (SP), Clube Paineiras do Morumby (SP), Clube de Regatas do Flamengo (RJ), Esporte Clube Pinheiros (SP), Tijuca Tênis Clube (RJ), Fluminense Football Club (RJ), Clube Internacional de Regatas (SP), Serviço Social da Indústria – SESI-SP (SP) e Associação Brasileira “A Hebraica” de São Paulo.

Acompanhe as redes sociais da PAB

A página oficial da PAB no Facebook: https://www.facebook.com/ligapoloaquaticobrasil/

Acompanhe o Twitter: https://twitter.com/LigaPAB

Veja as fotos no Instagram: https://www.instagram.com/poloaquaticobrasil/

Acompanhe os novos vídeos no Youtube:

https://www.youtube.com/channel/UCFz0pL4MkUdNGyGp1blcJnA/about

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flávio Perez e Katarine Monteiro

flavio@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.