Últimas notícias

SHB e ABDA vencem Campeonato Brasileiro sub-14 de Polo Aquático

22/10/2019 - 16:36 - Autor: PAB

Competição foi realizada na piscina do Flamengo, no Rio de Janeiro.

Foto: Luiza Moraes

A Sociedade Hípica de Bauru e a Associação Bauruense de Desportos Aquáticos foram as campeãs do Campeonato Brasileiro sub-14 de Polo Aquático, realizado na última semana, na piscina do Flamengo, no Rio de Janeiro. A competição foi realizada pela CBDA em parceria com a Liga Polo Aquático Brasil.

Na final feminina, SHB e Flamengo fizeram uma partida muito disputada. A equipe do interior paulista acabou levando a melhor por 5 a 4 para conquistar o título do torneio. A ABDA foi a terceira colocada na chave entre as mulheres. A goleira menos vazada foi Larissa Mariana, do Flamengo. Sofia Lazzarini, do Jundiaiense, foi a artilheira, e Letícia Lorieto, da SHB, foi eleita a melhor jogadora.

Foto: Luiza Moraes

Entre os homens, mais uma vez o duelo entre uma equipe de bauru e o Flamengo. Como entre as mulheres, melhor para os paulistas. Desta vez, a ABDA derrotou os cariocas por 13 a 6 e garantiu o título da competição. O Pinheiros foi o terceiro colocado. O goleiro menos vazado foi Rafael Dantas, da ABDA, o artilheiro foi Artur Diaz, do Paineiras, e Tomás Perrone, do Flamengo, foi eleito o melhor jogador da competição.

Veja as seleções da competição

Feminino:

Sarah Bedani – SHB

Helena Cunha – CJ

Eduarda Martins – CRF

Leticia Lorietto – SHB

Sofia Lazzarini – CJ

Karen da Silva – ABDA

Dandara Falk – CRF

Masculino:

Rafael Dantas – ABDA

Rafael Mazzali – ECP

Antonio Rocha – CRF

Artur Almora Diaz – CPM

Tomás Perrone – CRF

Kael Abner – ABDA

Patrick Romanholi – ABDA


Liga Brasileira de Polo Aquático (LBPA) – Polo Aquático Brasil – PAB

A Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) foi criada com a premissa do auxílio e do aprimoramento da gestão nacional da modalidade, com base na ética, transparência e planejamento participativo, por meio de diversas ações socioeducativas, além da organização de competição de alto rendimento que priorizem o fomento da modalidade e estimule os jovens para a prática do polo aquático.

Oficialmente constituída em 1º de março de 2016, a PAB busca o protagonismo de clubes, atletas e técnicos com foco no fomento do esporte em médio e longo prazo, evidenciando a visão coletiva que representa os interesses do polo aquático.