PAB lança novo site nesta sexta-feira (05)

Planejamento e produção foram realizados pela On Board Sports

PAB lança novo site nesta sexta-feira (05)

A PAB (Polo Aquático Brasil) lançou, nesta sexta-feira (05), o novo website da entidade.

Com novo design projetado para facilitar a navegação, o site possui, entre outros, abas para notícias, campeonatos e portal de transparência, em que todas as atas e demonstrativos financeiros estão disponíveis para consulta. 

A agência On Board Sports foi a responsável pelo planejamento e execução do novo site, que conta também com páginas de todos os 13 clubes filiados (ABDA Bauru, Hebraica, Botafogo, Paulistano, Flamengo, Internacional de Regatas, Junidiaiense, Paineiras, Pinheiros, Fluminense, SESI, Hípica Bauru e Tijuca).  

A nova gestão, comandada por Alessandro Moscal Checchinato, pretende ampliar a divulgação do polo aquático na grande mídia e captar mais recursos públicos e privados para desonerar os clubes, incentivar o surgimento de novas equipes e ampliar a governança, transparência e a participação da comunidade do polo aquático na gestão da PAB.

Fundada em 2016, a PAB possui aproximadamente 500 atletas nas principais categorias de base: sub 14 e sub 16.

No masculino, todos os clubes filiados possuem as duas categorias citadas, são eles: Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA), Associação Brasileira “A Hebraica” de São Paulo, Botafogo De Futebol E Regatas, Clube Athlético Paulistano, Clube De Regatas Do Flamengo, Clube Internacional De Regatas, Clube Jundiaiense, Clube Paineiras Do Morumby, Esporte Clube Pinheiros Fluminense Football Club, Sesi, Sociedade Hípica De Bauru e Tijuca Tênis Clube. 

No feminino, os principais clubes formadores da base são o Flamengo, SESI, ABDA, Sociedade Hípica de Bauru e Clube Paineiras do Morumby, nos demais clubes o feminino vem sendo implantado. 

Sobre a PAB 

A Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) foi criada com o objetivo de difundir a modalidade no Brasil. Para isso ela busca o protagonismo de clubes, atletas e técnicos com foco no fomento do esporte no médio e longo prazo, evidenciando a visão coletiva que representa os interesses do polo aquático.

Com base na ética, transparência e planejamento participativo, por meio de diversas ações socioeducativas, os diretores priorizam o fomento da modalidade e estimulam os jovens para a prática do polo aquático.

A Liga Brasileira de Polo Aquático foi fundada com a participação de dez clubes em março de 2016: Club Athletico Paulistano (SP), Clube Jundiaiense (SP), Clube Paineiras do Morumby (SP), Clube de Regatas do Flamengo (RJ), Esporte Clube Pinheiros (SP), Tijuca Tênis Clube (RJ), Fluminense Football Club (RJ), Clube Internacional de Regatas (SP),  Serviço Social da Indústria – SESI-SP (SP) e Associação Brasileira “A Hebraica” de São Paulo. 

Deixe uma resposta