Transparência

A Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) foi criada com a premissa do auxílio e do aprimoramento da gestão nacional da modalidade, com base na ética, transparência e planejamento participativo, por meio de diversas ações socioeducativas, além da organização de competição de alto rendimento que priorizem o fomento da modalidade e estimule os jovens para a prática do polo aquático.

Oficialmente constituída em 1º de março de 2016, a PAB busca o protagonismo de clubes, atletas e técnicos com foco no fomento do esporte em médio e longo prazo, evidenciando a visão coletiva que representa os interesses do polo aquático.

Missão

Organizar, realizar, administrar, dirigir e controlar campeonatos nacionais na modalidade do Polo Aquático, em todas as categorias, nos naipes masculino e feminino.

Visão

Desenvolver o Polo Aquático como modalidade esportiva diferenciada, inclusiva, que visa formar cidadãos, com observância das normas legais pertinentes.

Valores

• Transparência e ética nas relações;
• Excelência na gestão, respeitando a responsabilidade social e o meio ambiente.

Clique no link abaixo e veja o estatuto na íntegra!

Estatuto PAB

Clique no link abaixo e veja o código de ética Polo Aquático na íntegra!

LBPA – Codigo de Ética

Clique no link abaixo e veja o ofício do adiamento do campeonato Sub 14 na íntegra!

Oficio 003-2020 – Adiamento SUB14

Em 29 de dezembro de 2006, foi sancionada a Lei nº 11.438/06 e, em 3 de agosto de 2007 foi regulamentada pelo Decreto nº 6.180/07. A Lei Federal de Incentivo ao Esporte possibilita a destinação, por parte de pessoas físicas e pessoas jurídicas, de um percentual do Imposto de Renda para o desenvolvimento e aprimoramento das atividades desportivas no Brasil, através de projetos esportivos e paradesportivos elaborados por entidades do setor e aprovados pelo Ministério da Cidadania. As pessoas jurídicas podem destinar até 1% do Imposto de Renda devido, enquanto as pessoas físicas podem fazê-lo até o limite de 6%.

Projeto Campeonatos Nacionais Polo Aquático Brasil – Temporada 2019

Identificação do Projeto Nº SLIE: 1814474-87
Manifestação Desportiva: Rendimento

Número do processo: 58000.011519/2018-31

O projeto tem como objetivo promover Campeonatos Nacionais de Polo Aquático para as categorias de base ao adulto, possibilitando desenvolver a modalidade e o melhor rendimento dos atletas brasileiros, beneficiando aproximadamente 470 atletas federados, na faixa etária a partir dos 11 anos de idade até a categoria adulta, através da produção dos eventos nacionais de Polo Aquático, realizando campeonatos nacionais de alta qualidade, capazes de contribuir para o desenvolvimento técnico e esportivo dos mesmos, além de contribuir com as Seleções Nacionais de Polo Aquático, em todas as categorias que representam o Brasil internacionalmente, tendo em vista a possibilidade de convocações baseadas em Campeonatos com grande número de atletas e equipes envolvidas e possibilitar o fortalecimento da modalidade Polo Aquático no Brasil.

Status: Em captação
Diário Oficial da União

DOU Publicação no Diário Oficial da União 

Oficio com a aprovação do projeto