Últimas notícias

UM SHOW DE POLO AQUÁTICO NO BRASILEIRO SUB 17

01/10/2018 - 15:55 - Autor: PAB

Foto: Lucas Sawaya / S&B | Studio

Mais uma vez a comunidade do Polo Aquático invadiu as piscinas do Hebraica para uma linda festa.

Foto: Lucas Sawaya / S&B | Studio

UM SHOW DE POLO AQUÁTICO! Foi isso que aconteceu durante os quatro dias de competições do Campeonato Brasileiro Interclubes Sub 17, que teve inicio no dia 27/09/2018 (quinta-feira). Tanto o feminino quanto o masculino deram um espetáculo. Foram disputas apertadas, que mexeram com os corações da torcida e com os dos técnicos também. Jogos páreo a páreo com segundos para acabar o jogo, viradas e lances incríveis. Realmente os garotos e garotas do polo aquático estão mostrando que essa nova geração veio pra detonar tudo!

 

Foto: Lucas Sawaya / S&B | Studio

A final do feminino aconteceu no sábado (29/09/2018) e foi emocionante. A disputa entre a equipe da ABDA (Associação Brasileira De Desportos Aquáticos) e a equipe do SESI pegou fogo, as águas da piscina do Hebraica ficaram bem agitadas. Torcidas fortes marcaram presença nesse duelo de gigantes. Com o placar final de ABDA 5 x 1 SESI, foi um espetáculo de comemorações, técnicos na água, gritos de vitória, e um jogo incrível para fechar com chave de ouro a competição. A classificação final ficou:

1)ABDA
2)SESI
3)SHB
4)BFR
5)CPM

Premiações individuais:

MVP da Competição:
Isabela Mendes (ABDA) – goleira

Artilheira da Competição:
Ana Betriz Mantellato (CPM) – 17 gols

Goleira menos vazada:
Isabela Mendes (ABDA) – 18 gols

Seleção da Competição:
Goleira:
Isabela Mendes (ABDA)
Centro: Ana Beatriz Mantelatto (CPM)
Marcadora de Centro: Ana Julia Ferreira Batista (ABDA)
Atacantes:
Giovana Barbosa (BFR)
Gabriela Caetano (SESI)
Thayna Moraes (SHB)
Aghata Molina (ABDA)


No masculino seguiram as semifinais durante sábado (29/09/2018), com jogos bem animados, cada disputa parecia uma final, todas as equipes deram tudo de si e mostraram o valor de participar. Para os amantes do esporte, foi um final de semana de belas jogadas, chutes incríveis e muitas surpresas. A final que aconteceu no domingo (30/09/2018) foi abençoada com um dia lindo e um sol incrível, fazendo com que o calor das disputas e da platéia aumentassem, e haja coração! O grande espetáculo final foi um como um “dejavu”…. “será que aconteceu isso antes?” ABDA e SESI ? Na final? Ah! Isso mesmo, no primeiro semestre tivemos essas duas grandes equipes disputando o mesmo título. Na final de domingo não poderia ser diferente, foi um belo jogo, ninguém conseguia piscar! O placar ficou empatado até os últimos minutos da disputa, foi tanto alvoroço que deixou todos com muitas expectativas. Acabou com a equipe do ABDA levando o título de Campeã do Campeonato Brasileiro Interclubes Sub 17 – 2 semestre. O placar final ficou: ABDA 7 x 6 SESI.

Classificação final:

1)ABDA | Associação Bauruense de Desportos Aquáticos
2)SESI VL | SESI Vila Leopoldina
3)TTC | Tijuca Tenis Clube
4)CPM | Clube Paineiras do Morumby
5)ECP | Esporte Clube Pinheiros
6)CRF | Clube de Regatas do Flamengo
7)SHB | Sociedade Hípica de Bauru
8)CJ | Clube Jundiaiense
9)CIR | Clube Internacional de Regatas
10)ABH | Associação Brasileira a Hebraica de São Paulo
11)BFR | Botafogo de Futebol e Regatas

Premiações individuais

MVP da Competição:
Bruno Chiappini (ECP)

Artilheiro da Competição:
Bruno Chiappini (ECP) – 33 gols

Goleiro menos vazado:
João Gabriel Francisco da Silveira (SESI VL) – 25 gols

Seleção da Competição:
Goleiro:
 Murilo Souza (ABDA)
Centro: Alipio Nardaci (CRF)
Marcador de Centro: Bruno Chiappini (ECP)
Atacantes:
Pedro Zwicker (ABDA)
Felipe Ferreira (TTC)
Arthur Cauchick (SESI)
Vinícius Melges (TTC)


Liga Brasileira de Polo Aquático (LBPA) – Polo Aquático Brasil – PAB

A Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) foi criada com a premissa do auxílio e do aprimoramento da gestão nacional da modalidade, com base na ética, transparência e planejamento participativo, por meio de diversas ações socioeducativas, além da organização de competição de alto rendimento que priorizem o fomento da modalidade e estimule os jovens para a prática do polo aquático.

Oficialmente constituída em 1º de março de 2016, a PAB busca o protagonismo de clubes, atletas e técnicos com foco no fomento do esporte em médio e longo prazo, evidenciando a visão coletiva que representa os interesses do polo aquático.