Últimas notícias

O polo aquático vai invadir a cidade de Santos!

11/11/2018 - 17:28 - Autor: PAB


Foto: Rochelle/RCiuti Foto & Arte

Começa no dia 14 de novembro de 2018 (quarta-feira) o II Campeonato Brasileiro Interclubes Sub 15 masculino e feminino de polo aquático, realizado pela Liga Brasileira de Polo Aquático em parceria com o Clube Internacional de Regatas e o Comitê Brasileiro de Clubes – CBC. A competição será disputada na cidade de Santos, no Clube Internacional de Regatas. O evento se estenderá até o dia 18 de novembro (domingo).

As disputas masculinas serão entre os clubes participantes:
ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE DESPORTOS AQUÁTICOS
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA HEBRAICA
BOTAFOGO FUTEBOL E REGATAS
CLUBE ATHLETICO PAULISTANO
CLUBE DE REGATAS FLAMENGO
CLUBE INTERNACIONAL DE REGATAS
CLUBE JUNDIAIENSE
CLUBE PAINEIRAS DO MORUMBI
ESPORTE CLUBE PINHEIROS
FLUMINENSE FOOTBALL CLUB
SESI VILA LEOPOLDINA
SOCIEDADE HÍPICA DE BAURU
TIJUCA TENIS CLUBE

Que serão divididos em quatro grupos:

GRUPO A
ABDA
CPM
SHB

GRUPO B
SESI
TTC
ECP

GRUPO C
CJ
CRF
FFC
ABH

GRUPO D
CIR
BFR
CAP

Já as disputas femininas serão entre dois grupos:
GRUPO A
SHB
CJ
CPM

GRUPO B
SESI
ABDA
CRF


RETROSPECTIVA – MASCULINO

Nas competições do primeiro semestre, nós tivemos como MVP do masculino o jogador Eduardo Cintra do ABDA, que também fez parte da seleção do campeonato que foi formada pelos jogadores Goleiro: Jonathan (ABDA), Centro: Bernardo (TTC), Marcador de centro: Gabriel (CJ), Frederico Carsalade (CRF), Eduardo Cintra (ABDA), Bruno (CPM) e Vinicius Lazarini (CJ). Com apenas 28 gols sofridos, o Goleiro do ABDA (Jonathan) foi eleito o menos vazado da competição, e com 25 gols marcados o Frederico Carsalade da equipe do Flamengo foi o artilheiro do campeonato.

No primeiro semestre, tivemos como campeã a equipe do ABDA, em segundo lugar o SESI VL e em terceiro o time do Cubes Jundiaiense (CJ). A classificação final ficou:
1º) ABDA | Associação Bauruense
2º) SESI VL | SESI Vila Leopoldina
3º) CJ | Clube Jundiaiense
4º) CIR | Clube Internacional de Regatas
5º) CPM | Clube Paineiras do Morumby
6º) CRF | Clube de Regatas do Flamengo
7º) TTC | Tijuca Tênis Clube
8º) BFR | Botafogo Futebol e Regatas
9º) ECP | Esporte Clube Pinheiros
10°) SHB | Sociedade Hípica de Bauru
11º) FFC | Fluminense Football Club
12º) ABH | Associação Brasileira a Hebraica
13º) CAP | Clube Athletico Paulistano
14º) SESI RP | SESI Ribeirão Preto


RETROSPECTIVA – FEMININO


Foto: Rochelle/RCiuti Foto & Arte

No feminino, foi eleita como MVP da competição e artilheira, da equipe do Clube Paineiras do Morumby (CPM), a jogadora Ana Beatriz Mantelato. Que compôs junto com as jogadoras: Goleira da competição e menos vazada: Giovana Januario (SESI), centro: Maria Eduarda (SHB), Miriã Cadengue (SESI), Leticia Lorieto (SHB) e Thayna Moraes (SHB) a seleção da competição.

A equipe da Sociedade Hípica de Bauru acabou conquistando o primeiro lugar do campeonato, ficando em segundo o SESI e em terceiro o time do Clube Paineiras do Morumby. A classificação final ficou:

1º) SHB | Sociedade Hípica de Bauru
2º) SESI | Serviço Social da Indústria
3º) CPM | Clube Paineiras do Morumby
4º) ABDA | Associação Bauruense de Desportes Aquáticos
5º) CIR | Clube Internacional de Regatas

O campeonato do segundo semestre promete ter disputas ainda mais intensas, não perca nenhuma novidade e informação sobre a competição e nos acompanhe em nosso site e nas redes sociais.
Instagram | Facebook | Twitter


Liga Brasileira de Polo Aquático (LBPA) – Polo Aquático Brasil – PAB

A Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) foi criada com a premissa do auxílio e do aprimoramento da gestão nacional da modalidade, com base na ética, transparência e planejamento participativo, por meio de diversas ações socioeducativas, além da organização de competição de alto rendimento que priorizem o fomento da modalidade e estimule os jovens para a prática do polo aquático.

Oficialmente constituída em 1º de março de 2016, a PAB busca o protagonismo de clubes, atletas e técnicos com foco no fomento do esporte em médio e longo prazo, evidenciando a visão coletiva que representa os interesses do polo aquático.