Últimas notícias

Estrangeiros reforçam equipes no Brasil Open de Polo Aquático

13/06/2017 - 17:04 - Autor: PAB

O Brasil Open de Polo Aquático traz muitas novidades. Além dos melhores atletas brasileiros em ação, os clubes investiram e se reforçaram com jogadores estrangeiros para a competição. No total, são 10 participantes espalhados pelas equipes brasileiras, no masculino.

Dentre os atletas confirmados estão: no Botafogo de Futebol e Regatas (RJ), dois italianos. Stefano Luongo, joga no BPM Verona (ITA) e já atuou na seleção italiana, sendo cortado pouco antes da Olimpíada (2016) e Davide Steardo, que atua no Aquachiara, de Napoli (ITA). Tabém jogou na seleção júnior italiana no Campeonato Europeu e Mundial de Sibenik, na Croácia.

O Clube de Regatas Flamengo (RJ) contará com o Sérvio, Nikola Bogdanovic atualmente na França. Já o Clube Paineiras do Morumby (SP) terá dois espanhóis que atuam no Terrasa (ESP): o marcador de centro espanhol Ricard Alarcon, que jogou a olimpíada do Rio 2016 pela Espanha e Fran Sanchez.

A equipe paulista do Esporte Clube Pinheiros (SP) terá Egon Jurisic, goleiro ítalo-croata e Mislav Vrlic, marcador de centro, croata. O Internacional de Regatas (Santos/SP) terá o britânico Cristopher Vangatuou, com atuações em países como Suécia, Sérvia, Alemanha, e neste ano atuando na Holanda (GZC Donk).

Por fim, o Fluminense conta com a experiência dos atletas Giacomo Bini, canhoto, várias vezes convocado para a seleção italiana e do espanhol Gonzalo López Escribano, atual vice-campeão Espanhol e da Copa da Espanha atuando pelo Sabadell.

“O campeonato já possui um nível técnico excelente. A presença de jogadores mais experientes, que atuam em grandes equipes da Europa e outros continentes tornam as partidas mais disputadas e atrativas. Essa troca de experiências é fundamental para a evolução da modalidade no país”, destacou George Sanches, presidente da Liga Brasileira de Polo Aquático (Liga-PAB).