Últimas notícias

ABDA e Paulistano conquistam títulos do Campeonato Brasileiro Interclubes sub-20 de Polo Aquático

29/10/2019 - 15:46 - Autor: PAB

Competição foi encerrada neste domingo, no Rio de Janeiro.

Foto: Luiza Moraes

A Associação Bauruense de Desportos Aquáticos e o Paulistano foram os campeões do Campeonato Brasileiro Interclubes sub-20. Nas finais, realizadas neste domingo (27), na piscina do Flamengo, no Rio de Janeiro, a ABDA derrotou o Pinheiros na chave feminina, enquanto o Paulistano derrotou a equipe masculina do time de Bauru. A competição é promovida pela Liga Polo Aquático Brasil, com apoio da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos e do Comitê Brasileiro de Clubes.

+ Tabela do sub-20 (Feminino)
+ Tabela do sub-20 (Masculino)

Na final feminina, ABDA e Pinheiros fizeram um jogo bastante disputada. A equipe do interior paulista, porém, começou o jogo abrindo vantagem. O primeiro tempo terminou 3 a 1 para a ABDA. Na volta para o segundo tempo, o Pinheiros começou a esboçar uma reação no terceiro quarto, mas a ABDA seguiu à frente do placar (4 a 3). Nos últimos oito e decisivos minutos, a equipe de Bauru voltou ao jogo e garantiu a vitória por 6 a 3. A SHB foi a terceira colocada.“Não foi uma final com o nível técnico tão alto. Nós percebemos que tanto a nossa equipe, quanto o Pinheiros pecaram em alguns aspectos, talvez pelo nervosismo, mas as meninas estão de parabéns, pois souberam controlar isso. É importante também que elas saibam que nem sempre vão jogar bem, mas precisam encontrar maneiras de vencer”, falou o treinador Emerson Martins.

Foto: Luiza Moraes

A disputa decisiva entre os homens também foi bastante nervosa, com as equipes perdendo as primeiras oportunidades no início da partida. Equilibrado, o primeiro quarto terminou em 2 a 2. O segundo quarto começou com o Paulistano melhor e tomando à frente do placar (7 a 4). O Paulistano voltou para o terceiro quarto com a mesma intensidade para ampliar sua vantagem (9 a 5). No último quarto, a ABDA chegou a pressionar, mas o Paulistano segurou a vantagem para vencer a partida e o campeonato (10 a 6).

“Estou bastante orgulhoso do que esses meninos fizeram aqui. Ao todo, tenho apenas seis jogadores que são da categoria sub-20. Os outros são de categorias menores. Vir aqui e jogar o que jogaram me deixou bastante feliz e orgulhoso”, falou o treinador Bárbaro Díaz.

Foto: Luiza Moraes

Atual treinador da seleção adulta e referência mundial na modalidade, Rick Azevedo acompanhou a fase final dos dois Campeonatos Brasileiros. Ele avaliou o desempenho técnico das equipes que participaram do evento durante esta semana na piscina do Flamengo.

“Nossa intenção é valorizar cada vez mais essas categorias de base. Esse é o nosso projeto. A categoria adulta é momentânea. Esses garotos que estão aqui, que estiveram também no sub-14, são o futuro do Polo Aquático do Brasil. Vi um sub-16 muito interessante com garotos e garotas altos, com bom manejo de bola. Vejo que daqui alguns anos podemos ter bons valores nas seleções nacionais”, avaliou..

“Há muitos anos o Flamengo, que é uma referência nos esportes olímpicos, não recebia competições. Tivemos o sub-14 há uma semana e agora o sub-16 e o sub-20 simultaneamente. O clube em si está muito feliz de poder voltar ao cenário nacional tanto no Polo Aquático, como na Natação. Como membro da PAB, foi bom para vermos alguns pontos em que já nos desenvolvemos e o que ainda podemos fazer pelo esporte”, avaliou Edson Terra, gerente de esportes aquáticos do Flamengo e vice-presidente da Liga Polo Aquático Brasil.

Veja as premiações individuais:

Feminino

Goleira menos vazada – Isabela Mendes (ABDA)

Artilheira – Letícia Belorio (ABDA)

Melhor jogadora – Tathiana Pregolini (ECP)

Seleção da competição

Goleira – Thatiana Pregolini (ECP)

Centro – Mylla Soares (ABDA)

Marcador – Luana Quinn (ECP)

Atacante – Ana Beatriz Mantelato (CPM)

Atacante – Kemili Leão (ABDA)

Atacante – Lara Novacov (ECP)

Atacante – Leticia Belorio (SHB)

Masculino

Goleiro menos vazado – Alexandre Gomes (CRF)

Artilheiro – Marcos Vinicius (CAP)

Melhor jogador – Marcus Vinicius (CAP)

Seleção da competição

Goleiro – Alexander Mendes (CAP)

Centro – Marcus Vinicius (CAP)

Marcador – Eduardo Gripilo (CAP)

Atacante – Italo Vizacre (ABDA)

Atacante – Thiago Santos (ABDA)

Atacante – Luiz Scarabellin (CAP)

Atacante – Vinicius Pessin (SESI)


Liga Brasileira de Polo Aquático (LBPA) – Polo Aquático Brasil – PAB

A Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) foi criada com a premissa do auxílio e do aprimoramento da gestão nacional da modalidade, com base na ética, transparência e planejamento participativo, por meio de diversas ações socioeducativas, além da organização de competição de alto rendimento que priorizem o fomento da modalidade e estimule os jovens para a prática do polo aquático.

Oficialmente constituída em 1º de março de 2016, a PAB busca o protagonismo de clubes, atletas e técnicos com foco no fomento do esporte em médio e longo prazo, evidenciando a visão coletiva que representa os interesses do polo aquático.